Ribatejo

Autarca de Abrantes, assume a secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional

Maria do Céu Albuquerque vai deixar a presidência da Câmara Municipal de Abrantes para assumir a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional na área do Planeamento. A tomada de posse está marcada para esta segunda-feira, dia 18 de Fevereiro, às 15h00, no Palácio de Belém.

A presidente da Câmara Municipal de Abrantes, que presidia também à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, foi chamada por António Costa para o Governo no âmbito da remodelação que o primeiro-ministro anunciou este fim de semana, alterando as pastas de três ministros.

Em declarações ao jornal mediotejo.net, Maria do Céu Albuquerque manifestou o seu orgulho por ocupar um cargo ao serviço do país, “um trabalho de muita responsabilidade, na linha do desenvolvido em Abrantes ao longo dos últimos 12 anos” na qualidade de presidente de Câmara e também da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

“Tal qual servi Abrantes e a região com todo o meu empenho e dedicação vou agora continuar a fazê-lo, servindo o meu país”, afirmou.

O cargo de presidente da Câmara Municipal de Abrantes passa agora a ser assumido por Manuel Jorge Valamatos, actual vereador e presidente da concelhia do PS e do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Abrantes.

Militante do Partido Socialista desde 2003, Manuel Jorge Valamatos, começou o seu percurso político no PS de Abrantes como membro da Comissão Política Concelhia, integrando o Secretariado Concelhio, sendo também membro da Comissão Política Distrital. Desde 2004 que desempenha o cargo de vereador da Câmara Municipal de Abrantes.

Relativamente à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), cuja presidência era ocupada pela socialista Maria do Céu Albuquerque (Abrantes) , tendo como vice-presidentes a também socialista Anabela Freitas (Tomar) e o social democrata Vasco Estrela (Mação), o processo de substituição decorrerá após decisão que resultará de reunião a efectuar com os eleitos dos 13 municípios, e em que será decidido pelos mesmos quem deverá assumir da CIMT.

Esta alteração da composição do XXI Governo Constitucional, hoje aceite pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acontece na sequência da escolha de Pedro Marques, até agora ministro do Planeamento e das Infraestruturas, para cabeça de lista do PS às eleições europeias de 26 de Maio, anunciada formalmente no sábado.

Nesta remodelação, entram para XXI Governo Constitucional quatro novos secretários de Estado: Duarte Cordeiro, para Adjunto do Primeiro-Ministro e Assuntos Parlamentares; Maria do Céu Albuquerque para o Desenvolvimento Regional; Jorge Moreno Delgado para as Infraestruturas; e Alberto Miranda para Adjunto e das Comunicações.

Nos Ministérios abrangidos por este remodelação, mantêm-se como secretários de Estado Tiago Antunes (Presidência do Conselho de Ministros), Luís Goes Pinheiro (Adjunto e da Modernização Administrativa), Rosa Monteiro (Cidadania e a Igualdade) e Ana Pinho (Habitação), embora também tenham de tomar posse dos respectivos cargos nesta segunda-feira.

Estas mudanças acontecem na sequência da escolha do até agora ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, para número um do PS às eleições europeias, lista que também deverá incluir a titular cessante da pasta da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques.

A última remodelação, a mais abrangente desde a posse do actual executivo liderado por António Costa, ocorreu há precisamente quatro meses e foi desencadeada de Azeredo Lopes do cargo de ministro da Defesa.

Fonte: Agência Lusa e jornal mediotejo

 

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close