Mundo

Bélgica quer que Europa aplique imposto sobre viagens de avião

Bélgica quer que Europa aplique imposto sobre viagens de avião.

A Bélgica vai propor, na reunião de ministros do Ambiente da próxima terça-feira, a introdução de um imposto sobre a aviação comercial, seja um imposto sobre o combustível ou sobre os bilhetes, para neutralizar o impacto da poluição.

O jornal diário belga “Le Soir” noticia hoje que estará em cima da mesa a aplicação de IVA sobre os bilhetes de avião ou a tributação da querosene [produto líquido obtido do petróleo utilizado na aviação].

A iniciativa é semelhante à que foi proposta pela Holanda a 12 de Fevereiro aos ministros das Finanças e da Economia dos 28 estados-membros.

De acordo com o “Le Soir”, a discussão no Conselho de Ministros do Ambiente sobre a medida ocorrerá a pedido de Koen Van den Heuvel, o ministro do Ambiente da Flandres (região norte da Bélgica), mas será Jean-Luc Crucke, o seu homólogo da Valónia (região sul), que defenderá a proposta perante os homólogos dos estados-membros.

“É necessário haver uma tributação justa e correta do transporte aéreo, tendo em conta o seu impacto no meio ambiente. Actualmente não existe uma tributação sobre o querosene nem IVA sobre os bilhetes de avião”, indica a nota enviada pela Bélgica aos parceiros europeus, acrescentando que “por conseguinte, os modos de transporte mais respeitadores do ambiente como os caminhos de ferro são mais tributados que os transportes aéreos”.

O documento adianta que os preços “devem ter em conta os custos externos, aplicando assim o princípio do poluidor-pagador e restabelecendo uma concorrência leal com outros meios de transporte”.

E a proposta acrescenta que esta medida “poderia incentivar as companhias aéreas e os fabricantes de aviões a investir numa transição para uma economia neutra em termos ambientais (por exemplo, pesquisa por combustíveis ‘verdes’) e poderia originar meios financeiros públicos para investir em transportes alternativos mais respeitadores do meio ambiente”, cita o jornal “Le Soir”.

A 12 de Fevereiro a Holanda propôs aos ministros da Economia e das Finanças que a União Europeia introduzisse um imposto sobre a aviação que tributasse as emissões de carbono, com o objectivo de as reduzir.

No documento distribuído, citado pela agência EFE, a Holanda pedia que se ponderasse tributar as emissões de carbono “a nível da União Europeia” através de um imposto sobre os bilhetes de avião, uma taxa sobre a querosene ou sobre as emissões.

A Holanda argumentou que, apesar de a procura por voos ter aumentado, os preços dos bilhetes de transporte de passageiros ou de mercadorias não incluem os custos ambientais.

Fonte: Sapo24 Notícias

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close