RibatejoSociedadeTurismo

Município de Ourém adia aplicação de taxa turística para 2020

O Município de Ourém, só deverá aplicar a taxa turística em Fátima em 2020, disse à Agência Lusa o presidente da Câmara, Luís Albuquerque, salientando o entendimento entre empresários e autarquia.

Luís Albuquerque explicou que o regulamento nunca deveria ficar concluído e aprovado em Assembleia Municipal antes do verão, pelo que “não fazia sentido introduzir a taxa a meio do ano”.

“Estamos a aguardar que os dados turísticos da hotelaria de 2018 sejam publicados para voltarmos a reunir com todos os operadores. O regulamento esteve em discussão pública e foram deixados alguns contributos”, afirmou o autarca.

O presidente garantiu que alguns pontos do regulamento inicial serão “melhorados” com as sugestões apontadas. O documento final deverá reunir o consenso entre Município e hoteleiros.

“As coisas, neste momento, estão mais pacíficas. Já perceberam [empresários] que é uma taxa que não vai prejudicar quem trabalha em Fátima. Mas quem nos visita deve dar o seu contributo para fazer face ao desgaste das infraestruturas, que temos vindo a melhorar até para combater a sazonalidade, uma das reivindicações – e com toda a razão – dos empresários”.

Luís Albuquerque lembrou que esta taxa turística é prática usual em toda a Europa e, a “médio prazo, será aplicada por várias cidades e concelhos do país”.

“Será esse o caminho, sobretudo nas cidades que têm turismo de massas”.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close