Salvaterra de Magos

Salvaterra de Magos: Afinal o que se passa na Associação dos Trabalhadores do Município?

Há uns tempos atrás o “Ribatejo News” foi alertado por um trabalhador da Câmara Municipal de Salvaterra que “as contas na Associação dos Trabalhadores da Município não estavam muito bem”. “É muito importante que investigue e certamente que vai encontrar algumas surpresas”, disse-nos esse funcionário da Câmara.

No final da semana o José Gameiro publicava o seguinte na sua página privada do Facebook e que passamos a transcrever na íntegra. A foto também é do José Gameiro e o rosto dos fotografados revela bem a preocupação que existe.

«A ASSOCIAÇÃO DOS TRABALHADORES DA CÂMARA

Municipal de Salvaterra de Magos – pode fechar portas!…
Cambada de Críticos !,,,

Foi em 1985, que o Fundo Social foi criado – uma iniciativa de meia dúzia de funcionários da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos. Seria uma Associação de Trabalhadores que visava as mais prementes necessidades – havia colegas carenciados que necessitavam de ajuda na área hospitalar e social, e mesmo no apoio aos filhos que já estudavam em cursos superiores.

Foi uma iniciativa de largo alcance, que depressa se estendeu à oferta aos sócios, de um refeitório e médico para a família. Um edifício para refeitório foi construído pelo executivo da época. Os anos passaram, depressa devido à sua amplitude na oferta passou para o estatuto de Centro Cultural e Desporto.
– Todos os trabalhadores, exigiam e exigem!

As suas actividades recreativas, e a manutenção do Refeitório ( serve refeições aos efectivos e aos sócios Reformados/Aposentados, num valor não comercial) deviam e devem ser contempladas, mas:

– As Assembleias Gerais, ficam “despovoadas” as ausências de sócios participantes notam-se e são confrangedores os actos eleitorais ( órgãos directivos – 2 em 2 anos), ninguém quer assumir tais encargos, dando continuidade, àquela Associação de Trabalhadores para que foi criada.

– São cerca de 270 Sócios – Efectivos e Sócios Aposentados/Reformados.

Hoje, realizou-se uma Assembleia, deveria ser eleito um novo corpo directivo – depois de uma espera de uma hora, lá começou com 6 membros do executivo (são 10 eleitos), que já acabou o mandato em Março passado.
– Sócios que marcaram presença 4 ( 3 efectivos e 1 Aposentado).

Por falta da apresentação de uma lista que assumisse o cargo de novo mandato por 2 anos, ficou adiada a Assembleia, pois vislumbra-se existir uma, mas incompleta!
– Com tanta gente, jovem – é Confrangedor, ver esta Associação fechar portas !…
– Todos exigem!… Mas que Cambada de Críticos!…».

*José Gameiro
Nota: Foto do Autor

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close