ReportagemSalvaterra de Magos

Salvaterra de Magos: presidente Helder Esménio não esteve na procissão avieira

Como é que o presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio e a vereadora da Cultura, Helena Neves se dão ao luxo de não marcarem presença no cais da Vala, aquando da chegada da Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo? Esta é a primeira pergunta que se deve fazer. Mas existem mais questões que são os próprios eleitores que levantam.

Há três horas o presidente Esménio publicou na sua página do Facebook várias fotografias da procissão, mas eu que tenho andado a acompanhar este VII Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo e o I Cruzeiro Ibérico do Tejo, posso garantir que o autarca salvaterrense não compareceu no Escaroupim no sábado passado e não esteve hoje, no cais da Vala, para acolher a organização deste evento nem tão pouco participar na procissão.

O presidente não esteve presente mas também não fez falta porque os pescadores avieiros organizaram uma grande festa de recepção a todos aqueles que vieram até Salvaterra de Magos
Foto: José Peixe – D.R

Ou seja, o presidente publica imagens de todos os eventos que acontecem no concelho de Salvaterra de Magos, mas muitos deles ele nem sequer põe lá os pés. Tem uma rede de caretas informadores que fazem questão de lhe prestar vassalagem e enviar-lhe as fotos. Próprio de um autocrata digital. Uma “trumpalhada”.

As fotografias falam por si mesmas e demonstram que estiveram mais de 200 pessoas na procissão que se fez com a padroeira dos Avieiros, entre o cais da Vala e a Igreja da Misericórdia. E posso garantir os leitores do “Salvaterra News” que o presidente Hélder Esménio, a vereadora Helena Neves nem o presidente da União de Freguesias dos Foros e Salvaterra de Magos, Manuel Bolieiro não estiveram presentes.

Hoje foi um dia muito especial para a comunidade avieira em Salvaterra de Magos
Foto: José Peixe – D.R

Mas alguém deve ter telefonado para o presidente da Junta de Freguesia a comunicar-lhe que as pessoas tinham criticado a ausência dos autarcas locais e, na hora em que a Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo regressou ao barco para partir em direcção à Azambuja, Manuel Bolieiro lá compareceu para dar um ar de sua graça. Enfim… Uma vergonha.

Em época de eleições autárquicas todos os políticos falam da Cultura Avieira e do turismo que ela poderá atrair ao concelho, mas nestes momentos cruciais ninguém comparece.

“Mas ainda bem que o presidente Hélder Esménio não compareceu neste evento que reuniu mais de 300 pessoas. É que assim as pessoas que votaram nele começam abrir os olhos e a perceber que afinal de contas ele é um autarca que só quer é festas e aparecer na televisão. Ou seja, publica tudo na sua página do Facebook mas ele é realmente um grande ´bluff´ e merece ser desmascarado”, disse ao “Salvaterra News” António Mariano que marcou presença na procissão avieira desta manhã.

Um bolo único para comemorar um dia tão importante no Cais da Vala de Salvaterra
Foto: José Peixe – D.R

Já Maria da Conceição foi mais severa nas suas declarações: “O presidente Esménio não apareceu para receber as pessoas que estão a organizar este evento religioso porque ele não gosta da cultura avieira nem dos avieiros. Como é que se explica que ele não tenha estado presente no Escaroupim e na procissão de hoje? Ele soube foi aproveitar-se muito bem da cultura avieira durante a campanha para as eleições”.

“Que adianta Salvaterra de Magos organizar o mês da enguia, ter um museu avieiro no escaroupim se depois nos momentos importantes como o de hoje o presidente do município não põe aqui os pés. Esta vergonha deve ser denunciada para as pessoas começarem a abrir o olhos”, desabafou Maria da Conceição.

Parabéns aos pescadores avieiros de Salvaterra de Magos

Em contrapartida devemos dar os parabéns aos pescadores avieiros de Salvaterra de Magos que demonstraram grande capacidade organizativa e logística para acolher todos aqueles que participam no VII Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo e o I Cruzeiro Ibérico do Tejo e as outras centenas que estiveram presentes na procissão.

Por onde andou o presidente Hélder Esménio que não marcou presença na procissão avieira?
Foto: D.R

“Decidi vir com a família assistir à chegada da padroeira dos Avieiros a Salvaterra. Participamos na reunião e vamos ficar aqui para o almoço de convívio. A patroa trouxe uns pastelinhos de bacalhau e logo à tarde vamos estar na azambuja para assistir à missa que vai ser dada pelo Cardeal de Lisboa. Quero dar os parabéns aos pescadores de Salvaterra porque têm aqui comida e bebida que dá para 500 pessoas!”, afirmou Manuel Serafim natural do Carregado.

A padroeira dos Avieiros e do Tejo a caminho da Azambuja
Foto: José Peixe – D.R

Maria Luísa Casca também enalteceu os pescadores avieiros de Salvaterra de Magos e a organização do VII Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo: “A missa à borda da vala foi muito comovente e a procissão muito comovente. A forma como fomos recebidos pelos pescadores de Salvaterra foi formidável. Não tenho palavras para lhes agradecer. E também quero dar os parabéns aos organizadores deste evento religioso que deve dar muito trabalho a organizar, mas que de ano para ano tem vindo a demonstrar mais qualidade organizativa. Valeu a pena vir até Salvaterra de Magos.”

José Peixe – Texto e Fotos

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close