Mundo

Braço direito de Matteo Salvini negociou financiamento ilegal com russos

O jornal “Público” destaca uma investigação do site norte-americano BuzzFeed News revelou que Gianluca Savioni negociou financiamento de 65 milhões de dólares com três russos em Moscovo a 18 de Outubro. Financiamento seria escondido com um negócio entre petrolíferas.

Três assessores próximos do vice-primeiro-ministro italiano e líder da Liga, Matteo Salvini, negociaram com três russos um financiamento ilegal de 65 milhões de dólares para o partido, revelou esta quarta-feira o site norte-americano BuzzFeed News. Há anos que existiam suspeitas de o Kremlin estar a financiar partidos de extrema-direita europeus.

A reunião em que o acordo foi estabelecido aconteceu no Hotel Metropol, em Moscovo, Rússia, a 18 de Outubro e durou pouco mais de uma hora. Entre pausas para cigarros e expressos, os seis homens negociaram a venda de pelo menos três milhões de toneladas métricas de petróleo entre uma petrolífera russa e a italiana Eni no curso de um ano.

A venda teria o valor de 1,5 mil milhões de dólares e vários intermediários, com a empresa russa a fazer um desconto na ordem dos 65 milhões de dólares, segundo a BuzzFeed News. Esse desconto seria secretamente transferido para um saco azul da Liga, que é, segundo sondagens, o principal partido italiano. No entanto, não se sabe se o negócio chegou a acontecer.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close