AmbienteBenavente

Samora Correia: Estão a interromper o rio Sorraia para desviar água para os campos

RIO SORRAIA INTERROMPIDO PARA DESVIAR ÁGUA PARA OS CAMPOS

Um grupo de pescadores está indignado com o corte do rio Sorraia a jusante do Porto Alto com um brechão e apresentou uma denúncia a GNR. “Interromper o ciclo normal do rio é um crime. Não podemos ficar calados”, explica um dos pescadores.

Os denunciantes filmaram a construção de uma talude no leito do rio, entre as duas margens, esta segunda-feira com recurso a várias máquinas pesadas.

Segundo os pescadores, o objetivo dos agricultores é desviar água doce para as culturas de regadio nos campos adjacentes e evitar a entrada de água salgada nos campos.

Os pescadores alegam que a construção da barreira impede a circulação dos barcos entre o Porto Alto e Benavente e tem impactos sobre os recursos existentes no rio e que fazem parte do modo de vida de algumas famílias de pescadores.

“Com este trabalho vamos ter o rio sem oxigénio e um troço de água parada onde o peixe vai morrer”, explica o pescador.

No Porto Alto, junto à ponte é visível uma tonalidade esverdeada da água do rio.

O Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente SEPNA da GNR desconhece se esta operação foi autorizada pela Agência Portuguesa do Ambiente, mas garantiu investigar o caso,

Tentámos contactar a Associação de Beneficiários da Lezíria Grande mas até ao momento sem sucesso.

Segundo O “Ribatejo News” conseguiu apurar o SEPNA está a verificar se as obras foram autorizadas ou não. Mas este assunto é motivo para investigação jornalística também. E os autarcas de Benavente e Coruche certamente que também devem ter uma opinião para dar sobre esta matéria.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close